Capaz de proporcionar sensações boas, tanto físicas quanto mentais, a aromaterapia é um processo que causa bem-estar às pessoas, através da utilização de óleos essenciais.

Problemas físicos, como dores e doenças e problemas psicológicos e emocionais, como depressão e ansiedade podem ser amenizados com a aromaterapia. 

Esse tipo de terapia prova que existem ligações entre o olfato e os sentimentos. Mas essa mágica toda é causada por reações químicas que ocorrem em partes do cérebro.

Para ser mais exato, ao inalar os componentes presentes nos óleos essenciais, diversas mensagens da região olfativa são direcionadas para o sistema límbico. Esse sistema tem a função de inúmeros mecanismos sentimentais do corpo humano, dentre eles destacam-se os papéis de comportamento, impulsos, emoções e memórias.

Mas afinal, o que são esses óleos essenciais? Confira a seguir.

Os óleos essenciais 

Os óleos essenciais são substâncias sintetizadas que são recolhidas a partir da destilação em plantas.  No processo de aromaterapia, esses óleos são responsáveis por estimular diversas áreas do corpo, beneficiando a pessoa.

Eles carregam diversos compostos químicos. E, devido a isso, possuem propriedades terapêuticas. Uma das principais buscas para o uso do óleo essencial é para o tratamento da ansiedade. Porém, existem muitos outros benefícios que podem ser citados.

Benefícios da Aromaterapia 

O equilíbrio emocional é essencial para as relações interpessoais, se você não está muito bem consigo, poderá afetar as pessoas que estão ao seu redor. Por isso, os efeitos de calmantes e combate à agressividade são benefícios que entram em destaque. 

Porém, a sensação de cansaço também pode afetar o seu humor, não é mesmo? Mas não se preocupe, alguns óleos essenciais possuem propriedades que vão ajudar a melhorar a qualidade do seu sono. 

Além disso, sintomas de ansiedade e depressão podem ser aliviados com o uso desses óleos. 

Praticando a Aromaterapia

Por serem extremamente concentrados, não é muito indicado o uso direto dos óleos essenciais na pele. Por causa disso, existem maneiras para poder concluir a aromaterapia.  Então, veja algumas formas de  realizar esse processo.

Difusor de óleo essências 

O difusor para óleo essencial tem a tecnologia para produzir uma névoa composta por propriedades contidas nos óleos e de partículas de água que ajudam na umidificação do ambiente.

Esse processo também auxilia no combate a bactérias e poluentes que estão no ar. Além disso, o fluxo de oxigênio é aumentado, contribuindo para uma melhor respiração. 

Aromatizador caseiro 

Essa também é uma ótima opção para realizar a aromaterapia. Para isso, utilize pétalas de uma rosa branca em 60ml de álcool de cereais. Após isso, deixe guardado por cerca de 48 horas a 96 horas. 

Feito isso, filtre as pétalas e coloque 3 gotas do óleo essencial que você deseja. Pronto, agora é só sentir o aroma. Porém, existem outras formas de obter um aromatizador, vale a pena conferir!

Colar de óleos essenciais

O uso desses colares é muito simples, eles são a forma mais fácil de utilizar os óleos no seu dia a dia. Para isso, basta pingar 1 ou 2 gotas de óleo essencial nele, colocar no pescoço e usá-lo o resto do dia. 

Isso irá lhe garantir propriedades terapêuticas no seu dia. Além disso, existem diversos modelos, o que o torna um acessório bem estiloso.